o que é o MED

CONSULTE NO FUNDO DA PÁGINA TODOS OS AVSOS DE ABERTURA DE CANDIDATURAS DO INTERREG MEDITERRANEAN

O Programa de Cooperação Transnacional para o Mediterrâneo (MED) apoia a partilha de experiências, conhecimento e melhoria das políticas públicas, entre as autoridades nacionais, regionais e locais e outros atores territoriais é cofinanciado pelo FEDER, com um orçamento de 224 322 525€ para o período 2014- 2020.

O espaço transnacional é composto por 57 regiões de 10 países da União Europa (Chipre, Croácia, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Itália, Malta, Portugal, Reino Unido), e 3 países candidatos (Albânia, Bósnia Herzegovina e Montenegro).

O Programa irá cobrir uma área mais ampla do que o Programa anterior devido à inclusão na área geográfica elegível de novas regiões, nomeadamente a região de Lisboa.

Eixo Prioritário 1:Promover a capacidade inovadora das regiões MED para um crescimento sustentável e inteligente.

  • Promover o investimento das empresas em I&D e o desenvolvimento de ligações e sinergias entre empresas, centros de investigação e desenvolvimento e o sector do ensino superior.
  • Incentivar o investimento das empresas em Investigação e Inovação e o desenvolvimento de ligações e sinergias entre empresas, centros de investigação e desenvolvimento e setor de ensino superior, nomeadamente promover o investimento no desenvolvimento de produtos e serviços, transferência de tecnologia, inovação social, eco inovação, aplicações de serviços públicos, estimulação da procura, redes, clusters e inovação aberta pela especialização inteligente e suporte para as atividades de pesquisa tecnológica e aplicada, linhas piloto, ações de validação precoce dos produtos, avançado fabricação e as primeira das capacidades de produção, em especial nos domínios de tecnologias chaves genéricas e na difusão de tecnologias para fins gerais.
Eixo Prioritário 2: Promover estratégias para baixas emissões de carbono e eficiência energética nos territórios MED: cidades, ilhas e espaços

  • Apoiar a eficiência energética, gestão de energia inteligente e a utilização de energias renováveis em infraestruturas públicas, inclusive em prédios públicos e no sector da habitação
  • Promover as estratégias de desenvolvimento de baixas emissões de carbono para todos os tipos de territórios, em particular as zonas urbanas, incluindo a promoção de uma mobilidade urbana multimodal sustentável e medidas de adaptação às alterações climáticas.

Eixo Prioritário 3: Proteger e promover os recursos naturais e culturais do Mediterrâneo

  • Preservar, proteger, promover e desenvolver o património natural e cultura
  • Proteger e restaurar a biodiversidade e os solos e promover serviços relacionados aos ecossistemas, nomeadamente através da rede NATURA 2000 e infraestruturas verdes

Eixo Prioritário 4: Reforçar a governança do Mediterrâneo

  • Apoiar o processo de fortalecimento e do desenvolvimento dos quadros multilaterais de coordenação no Mediterrâneo para dar respostas conjuntas aos desafios comuns.

Eixo Prioritário 5: Assistência Técnica

Neste PO a Autoridade de Gestão, Região Provence-Alpes-Côte d'Azur, e a Autoridade de Auditoria são organismos sediados em França e em Espanha está a Autoridade de Certificação. O Secretariado Conjunto está localizado em Marselha. O acompanhamento dos projetos e validação da despesa dos parceiros portugueses é realizado pela Agência para o Desenvolvimento e Coesão, enquanto Autoridade Nacional para Portugal.

Convocatórias em aberto do INTERREG MEDITERRANEAN

  • 2ª convocatória do Programa Interreg Med | Abertura: 30/01/2017 (Previsão) (MEDIDA)


Faça parte da Rede